balanço alternativo balanço alternativo

Balanço Patrimonial: entenda a importância para sua empresa

5 minutos para ler
balanço patrimonial
Balanço Patrimonial

O que é?

Balanço patrimonial é um relatório financeiro que objetiva demonstrar todas as movimentações realizadas dentro de uma empresa determinado período. É a reunião de dados em um documento que ajuda a equipe contábil visualizar o atual posicionamento do negócio em relação a seus custos e bens.

No balanço patrimonial, as contas devem estar agrupadas para facilitar o conhecimento e a análise da situação financeira da empresa. Apresentando-lhe a real situação patrimonial da entidade em questão e a sua composição, devendo conter todos os bens, direitos e obrigações da empresa, ou seja, ativo, passivo e patrimônio líquido.

Através do balanço patrimonial, identifica-se quais investimentos estão sendo feitos e suas respectivas fontes de recursos. Geralmente ele é realizado no período de um ano.

Quem pode elaborar?

Para elaborar o balanço patrimonial, o profissional deve seguir uma determinação dada pelo Conselho Federal de Contabilidade e pela Legislação Comercial. Além disso, é necessário ser executado por um profissional legalmente habilitado.

Balanço Patrimonial Ativo

Ativos são os conjuntos de bens e direitos de uma entidade, capazes de gerar benefícios econômicos futuros, originados de eventos já ocorridos previamente. Eles podem se classificar em ativos circulantes e realizável a longo prazo.

  • Os ativos circulantes são todos aqueles componentes que são realizados com um prazo de até 365 dias.
Exemplos: caixa, contas em movimento, duplicatas a receber, estoque, aplicações financeiras, entre outros.
  • Os ativos realizáveis a longo prazo são as contas representativas dos bens e direitos realizáveis após o término do exercício seguinte, ou seja, os que excedem os 365 dias.
Exemplos: empréstimos, títulos a serem recebidos, entre outros.

Os bens podem ser definidos como tudo aquilo que possui um valor que pode ser convertido em dinheiro. Normalmente, os bens são itens materiais que são úteis para a empresa e na realização de seu principal objetivo. Sendo assim, pode ser considerado como algo que satisfaz uma necessidade do homem e que seja suscetível de avaliação econômica.

Os bens se classificam em:
  • Tangíveis: São os bens concretos, possuem uma forma física. Exemplos: automóvel, dinheiro, casa, etc.
  • Intangíveis: São os bens que não possuem forma física, abstratos ou imateriais. Ex. marcas e patentes, direitos autorais, etc. 

Direito são os bens sobre os quais a empresa está não utilizando, mas estão sob posse de terceiros. Aparecem no patrimônio como valores a receber. 

planilha de controle financeiroPowered by Rock Convert
Exemplos: clientes ou duplicatas a receber, títulos a receber, etc. 

Balanço Patrimonial Passivo

Os passivos são as obrigações capazes de gerar benefícios econômicos futuros, originados de eventos ocorridos. São divididos nos seguintes subgrupos:

  • Passivo Circulante: são as obrigações que serão exigidas dentro de um exercício social, ou seja, até 365 dias. Exemplo: salários a pagar, empréstimo, fornecedores, impostos.
  •  Passivo Exigível a Longo Prazo: são as obrigações que serão exigíveis após um exercício social, após 365 dias.

No Patrimônio Líquido são registrados os capitais investidos pelos proprietários, são os recursos próprios da empresa, com os lucros gerados pela gestão e ou diminuídos dos prejuízos gerados. Seu valor é igual ao total dos ativos (bens + direitos) menos o total das obrigações.

Obrigações são os bens que a empresa está utilizando, mas o domínio sobre eles é exercido por terceiros, ao contrário dos direitos. Aparecem no patrimônio como valores a pagar.

Exemplo: duplicatas a pagar, títulos a pagar, etc. 

Diferentemente do fluxo de caixa, o balanço patrimonial refere-se a dados baseados na estatística, mostra a real situação financeira de uma empresa. Assim, é possível identificar facilmente quais investimentos são feitos e as fontes de recursos deles. 

Ademais, pode-se identificar, também, onde a empresa está obtendo mais gastos. A partir disso, realizar um bom planejamento financeiro, com base nas projeções feitas diante a realidade do mercado facilita as tomadas de decisões.

Importância

Com o histórico obtido a partir do balanço patrimonial, pode-se comparar a lucratividade, investimento e crescimento da entidade. 

A empresa precisa manter o balanço patrimonial sempre atualizado, ele é indispensável para controlar e planejar a contabilidade, financeiro e o patrimônio empresarial. Visto que o Balanço é uma das principais declarações financeiras de uma empresa, é preciso fazer ele de forma rigorosa para manter o controle de custos e gastos eficiente.

Texto escrito por Fernanda Duque, Consultora de Projetos da PUC Consultoria Jr.

Posts relacionados

Deixe um comentário