Capital de giro: saiba como potencializar seu empreendimento

4 minutos para ler

O que é capital de giro?

Capital representa qualquer ativo que, com o decorrer do tempo, seja capaz de gerar uma corrente de rendimentos por meio de sua aplicação na produção. No entanto, o capital de giro se relaciona com uma parte do investimento que compõe uma reserva de recursos. Essa é capaz de suprir as necessidades da empresa ao longo do tempo. Sendo assim, é o conjunto de valores que são necessários para que os negócios aconteçam normalmente.

Essa ferramenta representa o valor financeiro que o empreendimento possui em recursos para que ela possa sanar obrigações e contas.

Além disso, vale destacar que os negócios que possuem um capital de giro reduzido tendem a realizar suas operações com maior risco financeiro. Isso porque não possuem preparo ao estarem inseridas em eventualidades mercadológicas. Dessa forma, nota-se que ele possui relação direta com a saúde financeira de uma empresa.

É importante deixar alguns conceitos esclarecidos para não confundir o leitor. O capital se relaciona aos rendimentos que são obtidos por meio de uma aplicação na produção. Já o patrimônio está ligado ao conjunto de bens e direitos que estão vinculados a uma pessoa.

Capital de giro

Entenda a importância de conhecer o capital de giro

Prevenir falências

Ao lidar com um capital de giro elevado, uma empresa possui uma possibilidade mais elevada de se manter no mercado. Desse modo, encontra-se menos exposta à uma possível falência. Trata-se de uma quantia de dinheiro que será necessária para emergências que poderão ocorrer em um empreendimento. Assim, é fundamental para o aprimoramento do controle financeiro e gerencial.

Indicar riscos ao negócio

O capital de giro é de fundamental importância, tendo em vista que é o responsável por financiar diversas operações de negócio. Dessa forma, auxilia na indicação de possíveis riscos que o negócio possui. Além disso, nota-se que essa ferramenta, quando bem utilizada, ajuda a manter um saldo positivo para o empreendimento. Assim, faz com que a empresa possua uma segurança financeira, o que propicia um maior controle dos futuros investimentos. É importante mencionar que, em um cenário de crise, as pequenas empresas são mais impactadas do que os grandes empreendimentos. Assim sendo, demonstra-se a maior necessidade de sua utilização pelos negócios menores.

planilha de controle financeiroPowered by Rock Convert

Garantir previsibilidade à empresa

Um fator indireto que é promovido por meio da utilização correta do capital de giro é a credibilidade que a empresa constrói no mercado. Ela assegura o equilíbrio de suas finanças e impede um possível endividamento. 

Para organizá-lo corretamente, é necessário que se utilizem técnicas que auxiliem na formação de preços dos produtos e serviços. Assim, evitam-se, simultaneamente, a perda de produtividade e erros ao analisar o valor encontrado. Uma ferramenta importante que poderia ser utilizada para auxiliar no cálculo do capital de giro seria a do controle financeiro. Desse modo, visa-se garantir mais previsibilidade a respeito da situação financeira do negócio.

Relação com controle de estoque

O capital de giro possui relação direta com o controle de estoque, tendo em vista que ao possuir uma estocagem elevada, o número de recursos a serem imobilizados aumenta, fazendo com que o capital de giro também seja elevado. Além disso, vale mencionar que essa ferramenta está presente em vários processos, como o planejamento financeiro, a administração de ativos e passivos e o controle financeiro.

Como obter o capital de giro

O capital de giro representa o valor dos ativos circulantes subtraído pelo valor dos passivos circulantes. Os ativos circulantes representam todos os recursos que o empreendimento possui e que podem ser convertidos em liquidez facilmente, como aplicações financeiras e valores em contas bancárias. Entretanto, os passivos circulantes têm relação com o valor das despesas e dos custos fixos que um negócio possui, como as contas a serem pagas, salários e fornecedores.

É importante ressaltar que o capital de giro é o valor que a empresa possui para pagar as despesas operacionais do dia a dia, sejam elas despesas fixas ou gastos necessários na manutenção da operação.

Como foi analisado no post sobre abertura de uma empresa, é importante mencionar o capital de um negócio. Isso porque, ao obter o controle dos investimentos iniciais, despesas, custos e do lucro, nota-se um maior planejamento financeiro da empresa, diminuindo os riscos de uma possível falência do empreendimento. 

Texto escrito por Luiz Eugênio, Gerente de Negócios da PUC Consultoria Jr.

Posts relacionados

Deixe um comentário