Clima Organizacional: analise sua influência sobre seus funcionários

6 minutos para ler

Por quê avaliar o clima organizacional

O Clima Organizacional é um tipo de percepção que os colaboradores têm sobre a empresa em que estão inseridos. Tal percepção é tida a partir do ambiente de trabalho e seus componentes, como os valores, hábitos e crenças da empresa. Com isso, é possível notar que esse clima é criado por questões intangíveis, sendo então, baseado principalmente, no sentimento das pessoas.

Nesse contexto, avaliar o clima organizacional de uma empresa permite saber qual é a impressão que os funcionários têm sobre ela. Dessa forma, se torna possível descobrir como gerir os recursos humanos da empresa identificando melhorias e mudanças que podem ser feitas no ambiente organizacional.

Consequências provenientes de um clima organizacional ruim

Um dos problemas mais recorrentes derivados de um clima organizacional ruim, corresponde ao turnover, processo no qual há uma grande rotatividade de colaboradores. Nesse cenário, muitos dos membros que entram na empresa não sabem qual a cultura da organização, ou mesmo não se identificam com ela. Essa divergência acaba gerando saídas constantes de colaboradores que não se adaptarem ao ambiente da empresa, e prejudicando os resultados da organização.

São problemas como este, que demonstram a influência que a especificação da cultura e a manutenção de um bom clima organizacional tem sobre o funcionamento de uma organização, evitando assim a ocorrência do turnover. Este fato é comprovado por dados de 2016 do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE), que identificou que as empresas que se preocupam em manter um ambiente de trabalho com um bom clima organizacional, possuem uma taxa de rotatividade três vezes menor que a de empresas que não se preocupam com esse aspecto.

Existem também outros consequências que são advindas de um clima organizacional ruim. Dentre elas encontra-se:

  • Produtividade baixa – o colaborador não sente vontade de produzir e cumprir com seus prazos diante de um ambiente em que ele não considera como bom para trabalhar;
  • Insatisfação de clientes – em consequência da baixa produtividade, o serviço ofertado pode apresentar uma qualidade ruim, prejudicando a imagem da organização;
  • Frustração no trabalho – não conseguir atingir os objetivos e metas acaba incidindo tanto sobre os colaboradores quanto sobre os donos do empreendimento. Além disso, podem até mesmo acabar gerando problemas de saúde como doenças psicológicas.

Como analisar o clima organizacional

Para evitar esses problemas, se torna importante ter um gestor que trabalhe em conjunto com os funcionários da empresa, como forma de avaliar, acompanhar e buscar manter um bom clima organizacional.

Tal ação é extremamente benéfica para qualquer empresa, pois aumentará a motivação dos colaboradores. Isso se deve ao fato de que o gestor irá colaborar no processo de administração do ambiente empresarial, e as relações interpessoais. Segundo dados da Universidade de Warwick, colaboradores felizes e autoconfiantes são 12% mais produtivos, o que mostra como profissionais de alta performance podem melhorar os resultados da sua empresa.

Powered by Rock Convert

Além do acompanhamento de um gestor, para garantir o bom clima organizacional, podem ser aplicadas pesquisas nas quais os colaboradores mostrem como se sentem em relação ao ambiente e colegas de trabalho. Dentre as pesquisas que se podem aplicar, há o Net Promoter Score (e-NPS), a avaliação 360º e a pesquisa de clima:

  • e-NPS – visa mensurar o grau de satisfação dos colaboradores. Para sua aplicação são feitas algumas questões baseadas em três segmentos da empresa, são eles: empresa como um bom local de trabalho, liderança da equipe e a opinião dos membros sobre os produtos da empresa.
  • Avaliação 360º – visa mapear o desempenho dos membros da empresa em um questionário que o membro avalia as pessoas com as quais trabalha.
  • Pesquisa de Clima – visa mensurar se o ambiente de trabalho se encontra equilibrado. Ela baseia-se em cinco aspectos da empresa, sendo eles o pessoal, a liderança, o social, o ambiente e o geral.

Como forma de analisar melhor a satisfação dos colaboradores, é possível utilizar dessas três ferramentas, atuando assim como complementares. Porém, é importante ressaltar que para gerarem insumos, é preciso administrar os seus resultados adequadamente.

Cultura de feedback

Para uma análise adequada, essas avaliações devem ser encaminhadas para o setor de gestão de recursos humanos da empresa e posteriormente devem ser dados feedbacks aos empregados. Dessa maneira se torna importante desenvolver e manter uma cultura de feedback na empresa.

Uma observação minuciosa permite a identificação dos problemas que ocorrem na empresa e se torna mais fácil atuar sobre eles. Com isso, os feedbacks devem ser dados para todos os colaboradores como forma de alinhar os pontos que são necessários de serem modificados.

Existem colaboradores que podem apresentar respostas muito diferentes. Como forma de administrar isso, ter conversas particulares com esse colaborador em específico se torna necessário. Essas conversas servirão para compreender melhor as motivações para o cooperador conceder essas respostas e gerar assim insumos para a empresa e para ele.

Feedbacks pessoais devem ser concedidos para cada membro após a análise da 360º. Assim, é possível que os colaboradores saibam o que devem melhorar e o que devem manter, com o objetivo de alavancar cada vez mais a produtividade na organização.

Em geral, o que se observa, é que a análise do ambiente empresarial vem se tornando um aspecto cada vez mais considerado por todas as organizações. A busca por entender a influência que o clima organizacional provoca na produtividade e resultados de uma empresa, vem ganhando destaque e sendo fonte de estudos. Se você quer garantir a produtividade de sua empresa, preste atenção nos aspectos intangíveis que incentivem os seus colaboradores a alcançar os resultados esperados.

Texto escrito por Raphaela Andrade, Gerente de Recursos Humanos da PUC Consultoria Jr.

otimização de processosPowered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.