Aprenda a se destacar em relação à concorrência

4 minutos para ler

Ao abrir o seu próprio negócio, é de suma importância pesquisar e analisar os seus concorrentes. Esta análise é muito vantajosa, pois você pode entender mais sobre o seu futuro negócio, observar ações que podem ser feitas e até mesmo práticas que não devem acontecer dentro do seu empreendimento.

Além disso, a  concorrência pode ser usado a seu favor. Com ela é possível, também, ver as forças e algumas fragilidades do ramo.

Concorrência

Tipos de concorrência

É possível identificar tipos diferentes de concorrência. São elas:

  • Concorrência direta: Este tipo ocorre quando o negócio oferece os mesmos produtos e atua exatamente na mesma área, com o objetivo de alcançar o mesmo nicho de mercado.
  • Concorrência indireta: Nesta concorrência o produto é similar, pode ou não atuar no mesmo ramo, porém o objetivo é alcançar o mesmo consumidor final.

Estratégias para estudar os concorrentes

Explorando a concorrência, o empreendedor ganha conhecimentos que ajudam na visibilidade do negócio e do produto oferecido. Algumas ferramentas são ótimas para auxiliar nesse trabalho.

Pesquisa secundária:

É o uso de dados que já foram coletados, na maioria das vezes, na internet, e poderão ser úteis para resolver o seu problema. Pode trazer informações gerais do mercado e mostrar tendências de consumo. Faz parte de uma das etapas de uma Pesquisa de Mercado.

Curva de valor:

Consiste em um gráfico de linhas feito com atributos de valor para seus concorrentes e até mesmo para o seu negócio. Assim, a comparação fica clara e a identificação de pontos úteis para a sua atuação, mais simples de ser feita. Nesse momento torna-se visível onde diferenciar-se do seu concorrente e, também, estabelecer estratégias. A análise é geral e muito visual.

Curva de Valor

Matriz SWOT:

Esta ferramenta é utilizada para explorar o ambiente e ajudar no planejamento estratégico da empresa. O termo SWOT é uma sigla em inglês, e é a união das iniciais das palavras: Forças (Strengths), Fraquezas (Weaknesses), Oportunidades (Opportunities) e Ameaças (Threats). As forças e fraquezas são retiradas do ambiente interno, já as oportunidades e ameaças, do ambiente externo. O cruzamento desses dados é essencial para o conhecimento sobre sua empresa e tudo o que gira em torno dela. Assim, é possível saber como melhorar e quais investimentos devem ser feitos.

Empresa de sucessoPowered by Rock Convert

SWOT

Após todas essas análises, é possível realizar algumas conclusões. Mas é sempre bom lembrar que o melhor preço, um ótimo atendimento ao cliente e um plano de marketing bem feito podem tornar a sua empresa conhecida e, assim, atrair muitos clientes.

Análise dos 4p’s:

A análise dos 4 p’s também é um dos principais passos do Plano de Marketing, e consiste basicamente em analisar Produto, Preço, Praça e Promoção dos seus concorrentes diretos e indiretos.

A ideia por trás da teoria é que, ao estudar cada um desses aspectos, deve-se planejar e executar ações que considerem suas particularidades, para que a empresa fique mais próxima de seus objetivos de divulgação, vendas e construção de autoridade de marca.

Vantagens de identificar a concorrência

Após identificar seus concorrentes e classificá-los, é possível planejar e executar ações para que se possa destacar entre elas. Levando em conta os pontos positivos, e evitando os pontos negativos dos concorrentes, você conseguirá ter vantagem e será capaz de direcionar esforços para explorar pontos desconhecidos por eles.

Em contrapartida, uma das desvantagens de não conhecer seus concorrentes é que nunca se saberá o que fazer para se destacar e crescer Isso porque você não terá pleno conhecimento do mercado em que está inserido e nem o que é ofertado por outros concorrentes. Além de ficar estagnado e sem perspectiva de crescimento, nunca saberá como agir para crescer e saber em quais pontos deve-se investir para melhorias e quais utilizar como pontos fortes. 

Além disso, ao analisar a concorrência, você também conhece o seu público-alvo. Ou seja, sabe se as expectativas e necessidades deles estão sendo atendidas ou negligenciadas. Com isso, você pode ofertar produtos novos e diferenciados que são capazes de suprir os desejos dos seus clientes.

Texto escrito por George Augusto, Consultor de Projetos da PUC Consultoria Jr.

Posts relacionados

Deixe um comentário