Saiba como ter maior controle do seu fluxo de caixa

5 minutos para ler

Nas operações do dia a dia de uma empresa, a organização financeira é fundamental. De acordo com dados do Sebrae, dos 470 mil novos empreendimentos que são constituídos anualmente, 49,4% fecham as portas com até dois anos de existência, sendo mais da metade dos casos devido a problemas financeiros. A partir disso, percebe-se como é importante para o empresário que seja mantido um controle rigoroso do fluxo de caixa.

Para que se possa controlar melhor o fluxo de caixa, é preciso, primeiramente, entender a fundo seu conceito. Trata-se de uma ferramenta por meio da qual fica possível analisar as finanças, investimentos e rendimentos de uma empresa. Em outras palavras, é um registro de tudo o que acontece no setor financeiro do estabelecimento. O conceito é bem claro: todas as movimentações financeiras, por menores que sejam, devem ser devidamente registradas. Apesar dessa simplicidade, o fluxo de caixa tem a capacidade de gerar importantes insumos, como o rastreio dos gastos e a projeção de lucros em um determinado período.

O fluxo de caixa pode ser feito de diversas maneiras. Em micro e pequenas empresas, é bastante comum o uso de planilhas, que são mais simples e fáceis de usar. No caso de médias e grandes empresas, o ideal é que seja usado um sistema de gestão informatizado. A seguir, serão mostradas as principais vantagens que o controle do fluxo de caixa traz ao empresário, assim como algumas estratégias para que seu uso seja otimizado.

Benefícios do fluxo de caixa

Ao elaborar o fluxo de caixa, é possível ter uma visão do presente e do futuro. É a ferramenta ideal para avaliar a disponibilidade de caixa e a liquidez da empresa. A possibilidade de se acompanhar todas as receitas e gastos abre vários horizontes ao empresário, e a análise dos dados armazenados, se feita de maneira correta, facilita e embasa a tomada de decisões e adoção de estratégias nos seguintes aspectos: 

Gerenciamento e corte de gastos 

Com a análise correta do fluxo de caixa, o gestor pode identificar gastos desnecessários dentro dos processos de sua empresa. Dessa forma, se estiver acontecendo algum desperdício de recursos em qualquer setor, é possível corrigir e eliminar os custos desnecessários, de modo a aumentar os lucros do negócio.

Controle periódico 

É comum que as plataformas usadas no controle do fluxo de caixa apresentem relatórios periódicos. É possível analisar, ao final do dia, semana, mês ou ano, um resumo do que aconteceu no período, incluindo as entradas e saídas, assim como as variações no caixa da empresa. Dessa forma, pode-se observar se há sazonalidade no negócio, ou seja, se há determinados períodos em que a empresa possui movimentações de caixa mais relevantes. Além disso, esse controle facilita a administração do capital de giro. Os insumos gerados mostram se o valor em caixa é suficiente para cobrir os gastos em determinado período de tempo. Ainda, eles indicam o impacto que as contas a pagar e a receber terão no setor financeiro da empresa. 

Controle de estoque 

Os lançamentos realizados no fluxo de caixa devem vir acompanhados de uma breve descrição. No caso das vendas, é ideal que se indique as especificações do produto em questão. Dessa forma, é possível observar os itens que mais movimentam o caixa da empresa, e assim, o controle de estoque se torna mais fácil. Um estoque inflado causa gastos desnecessários. Por isso, é fundamental que haja uma avaliação do que deve ficar armazenado, e o fluxo de caixa auxilia o empresário na tomada dessas decisões.      

Planejamento financeiro 

fluxo de caixa projetado é uma estimativa de valores e datas para o futuro do negócio. Ele indica, por exemplo, os melhores dias para pagar fornecedores e estabelecer novas datas de vencimento.

As previsões de fluxo de caixa podem ajudar a estimar sobras ou escassez no cofre da empresa, além de ser um indicativo da saúde e liquidez do negócio. Com esse recurso, o gestor consegue antecipar situações de risco e evitar uma crise. Esse controle facilita a realização de um planejamento financeiro, procedimento de extrema importância para a sustentabilidade financeira de qualquer negócio.

 Fluxo de caixa

O foco do controle de caixa é garantir que o empresário tenha conhecimento da situação financeira de seu negócio, além de possibilitar a previsão de situações futuras, evitando, assim, problemas inesperados. Se você ainda não adotou o fluxo de caixa para a sua empresa, comece agora baixando a nossa planilha de fluxo de caixa gratuitamente. Em pouco tempo, já será possível notar os benefícios que essa ferramenta trará para seu empreendimento.

Além disso, também será muito vantajoso a realização de um Planejamento Financeiro que é capaz de potencializar os lucros da empresa.

Texto escrito por Guilherme Levcovitz, Diretor Administrativo-Financeiro da PUC Consultoria Jr.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.