Quais benefícios a cultura organizacional traz a sua empresa?

6 minutos para ler

Com uma cultura organizacional bem estruturada e definida, o ambiente de trabalho se torna melhor, mais produtivo e mais focado.

Cultura Organizacional

O que é Cultura Organizacional?

A palavra sinergia pode ser definida pelo ato ou esforço coletivo. Destaca-se uma verdadeira sinergia entre os funcionários de uma empresa, independentemente de sua área de atuação ou do seu cargo. Para isso, alguns conceitos devem estar bem definidos e disseminados entre os integrantes da companhia. Assim, com um alinhamento da equipe quanto aos valores, visões e ideais da organização, o sentimento de pertencimento se manifesta.

Algumas grandes empresas são referência nesse assunto e, assim, pode-se visualizar mais facilmente como uma forte cultura interna influencia e é importante em um empreendimento. Entre elas, a Google se destaca. A sua forte cultura faz com que a sua cultura organizacional seja muito bem avaliada. Muitas vezes, mesmo quem nunca trabalhou nela, tem um grande conhecimento das suas visões e valores. A imagem de um local descontraído e moderno de se trabalhar é uma das que se revelam.

É claro que cada companhia apresenta as suas próprias características e, consequentemente, a sua própria cultura. Mas é importante perceber que ela tem relação direta com o engajamento com a marca dentre as pessoas que trabalham e que não trabalham na empresa. Isso porque a cultura organizacional é a filosofia de trabalho de um empreendimento.

Esse compartilhamento de crenças, valores e hábitos esclarecem qual é a Cultura Organizacional de uma empresa. O caminho para que essa cultura seja desenvolvida é longo, porém, recompensador. Mas como sei se uma empresa está no caminho certo?

Saiba a diferença entre uma cultura organizacional forte e uma cultura organizacional fraca

Uma cultura forte pode ser identificada quando os valores são compartilhados entre todos os membros. Além disso, quando ela é estruturada, e assim, influencia na maneira de agir do corpo da firma. Essa influência é percebida desde a contratação de um funcionário até o fim de seu contrato. Com uma confluência de opiniões em uma empresa, o impacto positivo das atitudes da liderança aumenta em relação aos funcionários, havendo menos divergências e gerando menos resistência quanto às decisões tomadas. Isso transforma verdadeiramente o ambiente empresarial, crescendo a eficiência produtiva dos trabalhadores como um todo. Essa sintonia desestimula também a saída de funcionários. Se sentindo ambientado em relação ao local de trabalho, reduzem-se os motivos para querer trabalhar em outra empresa.

Já uma cultura fraca pode ser identificada quando não há uma conexão forte e dificilmente mutável, na organização da instituição. Dessa forma, os valores e hábitos são mais efêmeros, permitindo-se mudanças frequentes. Em empresas jovens, essa situação ocorre mais constantemente. Por estarem no início da construção de suas maneiras de ser,  se torna mais difícil criar e manter tradições em seu funcionamento. Isso gera um menor sentimento de pertencimento dos funcionários, que não se sentem realmente parte do time. Os resultados de uma Cultura Organizacional má estruturada são péssimos. Todo o engajamento individual em crescer junto com a organização como um todo pode ser perdido, e assim, o desenvolvimento e as inovações na empresa se reduzem. A dedicação do integrante da empresa, o seu comprometimento e a sua motivação podem decair até que seja tarde demais e ele prefira sair de seu cargo.

Qual a importância da Cultura Organizacional na hora de contratar?

É importante que desde a primeira contratação as crenças, valores e hábitos da empresa já estejam bem definidos. Dessa maneira, se torna possível traçar o perfil dos candidatos a serem selecionados e compará-los com o perfil da própria empresa e com as suas expectativas. Isso é uma precaução para que quando ele for iniciar os seus trabalhos, o alinhamento com os ideais da firma seja mais facilmente alcançado, resultando em bons resultados e no fortalecimento da própria Cultura Organizacional.

Outra vantagem é a melhor consolidação da imagem do negócio perante o mercado. Uma marca que sabe o que quer e que têm funcionários com objetivos semelhantes demonstra uma boa estruturação e planejamento.

A atração de pessoas que se identificam previamente com os objetivos da empresa é outro resultado de uma Cultura Organizacional forte. Assim, a seleção dos candidatos ideais é facilitada visto que muitos deles já apresentam valores semelhantes aos da empresa. Além disso, alterar os valores de uma pessoa para que eles se assemelhem aos da instituição é uma tarefa muito difícil.

Como definir e fortalecer a cultura na sua empresa?

Os passos para desenvolver e valorizar mais a Cultura Organizacional de uma empresa são simples mas devem ser seguidos com dedicação para que, a médio prazo, ela se torne estruturada e eficiente.

  1. Criar a missão, visão e os valores da empresa. Ou seja, é preciso definir a filosofia e o pensamento da empresa de acordo com as práticas e valores da empresa no dia a dia. Para isso, é importante analisar os hábitos, os costumes, e a forma de trabalhar dos colaboradores da firma;
  2. Encontrar e selecionar as pessoas certas para integrar a empresa. Isso inclui verificar, antes da contratação, se o perfil realmente é coerente com aquele da empresa, definido no tópico 1. Isso é importante pois, para que uma pessoa “vista a camisa” da empresa, ela precisa, antes de tudo, gostar daquilo que ela estará representando;
  3. Expressar esses valores como um líder. Assim como pais fumantes podem fazer com que os seus filhos tenham esse hábito como modelo, tudo aquilo que o líder demonstra aos seus liderados terá influência sobre as suas atitudes e o seu comportamento;
  4. Disseminar e comunicar claramente a todos os setores do negócio quais são tais ideais da empresa. Só assim todos os integrantes poderão se identificar melhor com eles. É preciso que essa comunicação seja a mais direta possível. Por exemplo, se um dos valores de uma empresa é a sua transparência, torna-se necessário definir para os colaboradores o que isso significa e como isso acontece na rotina de trabalho. É necessário que tais valores sejam reforçados no cotidiano com comunicações esporádicas desse tipo.

A melhor maneira de identificar como essas mudanças estão influenciando a sua empresa é por meio da cultura de Feedback. Quer saber mais?

Texto escrito por Pedro Henrique, Consultor de Projetos da PUC Consultoria Jr.

Posts relacionados

Deixe um comentário