Lucro Real Lucro Real

Lucro Real: quais as vantagens para sua empresa?

4 minutos para ler

Uma das etapas mais importantes para o planejamento tributário é adotar o regime de tributação que mais se adeque a realidade do empreendimento. Realizar uma boa escolha, permite que os custos com tais obrigações sejam reduzidos.  Existem diversos tipos de regimes tributários vigentes no Brasil, são eles o Simples Nacional, Lucro Presumido e o Lucro Real, sendo o último, o foco deste texto.

O que é o Lucro Real?

O Lucro Real é um regime tributário utilizado para calcular o valor da tributação das empresas. O cálculo dessa obrigação é feito sobre o lucro líquido do período de apuração, levando em consideração, valores a adicionar ou descontar de acordo com as compensações permitidas pela lei. Sendo assim, é necessário verificar o lucro da empresa no período, antes de afirmar qual foi a lucratividade obtida, conforme a legislação.

Como é feito o cálculo?

Primeiramente, deve-se definir o período do cálculo que é realizado uma vez ao ano (anualmente), e também pode ser feito a cada três meses (trimestralmente). Para apurar o valor do faturamento total da empresa no período definido anteriormente, é necessário calcular o montante recebido pelas atividades da empresa na venda de seus produtos ou serviços. Em seguida, deve-se deduzir desse montante os gastos e despesas destinados ao funcionamento do empreendimento, como por exemplo pagamento de funcionários e manutenção.

O resultado encontrado através destes cálculos é o valor do lucro real da empresa. Desse modo, é possível utilizar o valor obtido para calcular o IRPJ (Imposto de Renda da Pessoa Jurídica) do empreendimento.

As alíquotas podem ser aplicáveis em diversos tipos de empresas, sendo necessário saber qual foi o seu lucro para realizar a base de cálculo do IRPJ e da CSLL (Contribuição Social sobre o Lucro Líquido). No caso do IRPJ, empresas que possuem um lucro de até R$ 20 mil mensais, irão contribuir com uma alíquota de 15% e empresas que tenham um lucro acima desse valor, terão uma incidência de uma alíquota de 25%. Já no caso da CSLL, a alíquota é de 9% para todos os negócios. 

Requisitos Legais:

Diversos tipos de empresas se enquadram nesta obrigação, devido ao fato de ser um regime geral de tributação. A lei prevê quais são: 

  • bancos, empresas e cooperativas de créditos, financeiras, corretoras de câmbio, gestoras de crédito imobiliário, empresas de seguros e outras semelhantes; 
  • ligadas ao agronegócio;
  • aquelas que recebem algum tipo de isenção ou benefício fiscal;
  • empresas de factoring (concessão de crédito a curto prazo para bens ou serviços, para empresas em situações de dificuldade financeira); 
  • empresas que possuam lucro ou recebam capital de fora do país,
  • Sociedades de Propósito Específico que usem o modelo Simples Nacional.

Quais são as vantagens do Lucro Real?

Existem diversas vantagens para a empresa que opta pelo Lucro Real. Uma delas é o fato de realizar o cálculo tendo como base o verdadeiro lucro da empresa, tornando assim, a tributação mais justa.

Outra vantagem deste regime é a alternativa de não pagar o IRPJ quando o empreendimento não obtiver lucro. Como o cálculo desta tributação é feito sobre o lucro real, e a empresa não obteve o mesmo, não é necessário pagar o imposto de renda do empreendimento. Além disso, a empresa ainda pode realizar a compensação do dos prejuízos fiscais anteriores ou de mesmo exercício nas próximas apurações de lucro.

E as desvantagens?

As desvantagens ao adotar este regime tributário, seria o maior rigor pelas regras tributárias e, consequentemente, uma maior burocracia. Isso porque todas as empresas devem apresentar a contabilidade conforme as exigências da legislação comercial. Além disso, as alíquotas do PIS e COFINS são mais elevadas, principalmente para empresas de serviços, por terem poucos créditos das referidas contribuições

Texto escrito por Vitória Liz, Consultora de Projetos na PUC Consultoria Jr.

Posts relacionados

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.